Review – Super Nintendo

Na review de hoje eu e você vamos relembrar do Super Nintendo e dos bons momentos que passamos jogando os jogos dele.

O 16 bits da Nintendo

O videogame de 16 bits da Nintendo foi lançado no começo dos anos 90 primeiramente no Japão com o nome de Super Famicom, fez um grande sucesso  logo foi lançado em outros lugares do mundo como Estados Unidos, Europa e America Do Sul lugares onde ficou conhecido como Super Nintendo.

A guerra contra o Mega Drive

O Super Nintendo chegou em 1990 e veio para competir com o Mega Drive da Sega, ambos protagonizaram uma das se não a maior disputa já vista pela liderança do mercado de games, disputa esta que durou até meados dos anos 90, gerou os primeiros fanboys do mundo dos jogos se transformando em uma verdadeira guerra.

No começo o Super  Nintendo levou a pior principalmente nos Estados Unidos onde o Mega Drive era conhecido como Sega Genesis e já fazia muito sucesso, mas a chegada de títulos exclusivos da Nintendo como The Legend Of Zelda: A Link To The Past, Star Fox e Super Mario Kart jogos que mostravam a superioridade do hardware do SNES perante o do Mega fez com que a Nintendo ultrapassasse a Sega novamente voltando assim a dominar o mercado.

No Brasil

Em 1993 a Playtronic uma empresa da Estrela e da Gradiente trouxe o Super Nintendo oficialmente ao Brasil o console ficou bem popular e era fabricado em Manaus.

Gráficos, sons e jogos

O hardware do Super Nintendo sozinho já era capaz de gerar gráficos excelentes porem alguns cartuchos como Super Mario Kart, Star Fox e Yoshi Island contavam com chips especiais que serviam para digamos tunar os gráficos do console dando a estes jogos efeitos e ou funções gráficas exclusivas.

Os jogos exclusivos para Super Nintendo costumavam ser muito bonitos e divertidos alguns games como Donkey Kong Country, Killer Instinct e Super Mario Rpg eram tão bonitos e polidos que pareciam ser de consoles de 32 bits.

Além dos jogos exclusivos o Super Nintendo contava com outros ótimos games como Mortal Kombat, Nba Jam e Street Fighter 2.

Os sons do Super Nintendo também eram muitos bons algumas músicas como as que tocavam em Super Mario World ou o tema de Killer Instinct eram extremamente marcantes, certas trilhas sonoras do console foram consideradas verdadeiras obras primas a trilha sonora de Donkey Kong Country 2 é um exemplo.

O controle

O controle do Super Nintendo parecia ter sido feito para quem tem mãos pequenas, fora este pequeno probleminha, era um controle ótimo, mesmo pequeno conseguia ser bem resistente raramente quebrava, tinha uma pegada boa e confortável o que deixava a jogabilidade muito eficaz com ele você podia passar o dia todo jogando sem sentir dores ou desconforto.

Do lado esquerdo o controle tinha um grande direcional digital, no meio tinha dois botões, Start e Select, na parte direita o controle contava com quatro botões redondos, A, B, X e Y, estes botões eram posicionados em forma de cruz.

A principal novidade do controle de Super Nintendo foi a adição do L e R os famosos botões de ombro, ficavam na parte de cima do controle e geralmente serviam para mover a câmera ou para funções especiais nos jogos.

Os botões posicionados em forma de cruz e os botões de ombro se tornariam o padrão da industria, são usados nos controles dos consoles até hoje e podem ser vistos tanto no Playstation 4 quanto no Xbox One.

Veredicto

O Super Nintendo é sem duvida o melhor 16 bits da história, o console era capaz de ter gráficos e sons muito melhores que seu rival da época que era o Mega Drive, muitos títulos foram lançados simultaneamente para ambos mas as versões dos jogos no console da Nintendo sempre eram bem superiores as versões do videogame da Sega, Sunset Riders é um bom exemplo do quanto as versões Super Nintendo dos jogos eram superiores as versões do Mega Drive.

Com jogos como Super Mario World, The Legend Of Zelda: A link To The Past, Mario Kart e Donkey Kong Country o Super Nintendo não só desbancou o Mega Drive e dominou o mercado como também revolucionou o mundo dos games.

Jogos bons do Super Nintendo

Super Mario Kart

Donkey Kong Country

The Legend Of Zelda: A Link To The Past

Confira a galeria de imagens, clique nas fotos para ampliar

O 16 bits da Nintendo foi lançado no começo dos anos 90 primeiramente no Japão com o nome de Super Famicom,  logo foi lançado mundo a fora onde ficou conhecido como Super Nintendo,  é sem duvida o melhor 16 bits da história, o console era capaz de ter gráficos e sons muito melhores que seu rival da época que era o Mega Drive e por isso dominou o mercado de games até meados dos anos 90 quando foi desbancado pelos consoles de 32 bits.

Review – Mega Drive

Na review de hoje falarei do Mega Drive o 16 bits da Sega que é eterno rival do Super Nintendo.

Mega Drive

Criado pela Sega no final dos anos 80 o Mega Drive é um console de 16 bits, foi o grande rival do Super Nintendo, durante a primeira metade dos anos 90 ambos protagonizaram uma verdadeira guerra pela liderança do mercado de games.

Inicialmente lançado em 1988 no Japão o Mega Drive fez bastante sucesso, tanto é que em 1989 já estava sendo lançado nos Estados Unidos onde ficou conhecido como Sega Genesis e fez um sucesso ainda maior, em 1990 o console chega ao Brasil e a Europa lugares onde também ficou bem popular

No Brasil

Assim como aconteceu com o Master System, o Mega Drive também foi um verdadeiro sucesso aqui no Brasil e mais uma vez grande parte deste sucesso só aconteceu graças ao ótimo trabalho da Tec Toy que sempre representou a Sega muito bem no pais.

Gráficos e som

O Mega Drive tem jogos muito bons, os gráficos deles apesar de muitas vezes serem visualmente inferiores aos jogos do Super Nintendo pareciam rodar em uma taxa de frames maior (Sonic que o diga).

Os gráficos em alguns jogos eram extremamente bonitos e coloridos, chegando as vezes a surpreender de tão belos como acontecia em Scooby Doo Mystery, sem contar os sons dos jogos que eram ótimos, quem não se lembra da trilha viciante de Out Run e Moonwalker.

Sonic e outros jogos

Em 1991 foi lançado Sonic The Hedgehog um dos seus melhores se não o melhor jogo que o Mega Drive teve, o game fez tanto sucesso e Sonic era tão carismático que em pouco tempo o personagem se tornou o novo mascote da Sega substituindo o Alex Kidd, depois disso tudo Sonic The Hedghog passou a ser o jogo que vinha na caixa junto com o Mega Drive quando você o comprava.

Os jogos da Sega para Mega Drive como Golden Axe e Streets Of Rage sem duvidas eram os melhores do console mas ao contrario do que aconteceu com o Master, o Mega teve vários jogos de outras produtoras de games bem famosas da época, como Capcom e Midway, o Mega chegou até a ter jogos brasileiros como O Show Do Milhão.

O controle

Apesar de conseguir cumprir bem seu papel o primeiro controle do Mega Drive era apenas razoável, do lado esquerdo ele tinha um direcional digital que ficava em cima de uma espécie de disco, do lado direito ele tinha quatro botões um comprido e pequeno Start e três grandes botões redondos logo abaixo o A ,o B e o C.

Como o primeiro controle do Mega era meio grande demais, com um direcional digital meio impreciso e com poucos botões a Sega decidiu fazer um melhor.

O segundo controle do console era levemente menor, mais leve e tinha um direcional digital bem melhor, as duas principais diferenças eram que o Start agora estava no meio do controle e tinha mais três pequenos botões redondos, o X, o Y e o Z, estes que ficavam em cima do A, do B e do C..

O controle com seis botões e o direcional digital melhorado facilitava muito a jogabilidade em alguns jogos, principalmente nos de luta estilo Street Fighter e Mortal Kombat que eram extremamente populares naquela época.

Veredicto

O Mega é um ótimo console com jogos muito bonitos e divertidos é sem duvida um dos melhores videogames de todos os tempos e merece ser jogado, apesar de ser tecnicamente inferior ao seu rival da Nintendo, tinha jogos  tão incríveis que conseguiu disputar de igual para igual com o Super pelo mercado de games da época, ambos chegaram a travar uma verdadeira guerra pela liderança do mercado, guerra esta que só teve fim com a chegada da geração de consoles com 32 bits em meados dos anos 90.

Jogos bons do Mega Drive

Sonic The Hedgehog

Scooby Doo Mystery

Streets Of Rage

Confira nossa galeria de imagens, clique nas fotos para ampliar

O Mega Drive é um console de 16 bits, foi o grande rival do Super Nintendo, lançado em 1988 no Japão fez bastante sucesso, tanto é que em 1989 já estava sendo lançado nos Estados Unidos onde ficou conhecido como Sega Genesis e fez um sucesso ainda maior, em 1990 o console chega ao Brasil, foi um verdadeiro sucesso por aqui, sucesso este que durou até meados dos anos 90 quando chegaram ao pais os consoles de 32 bits.

Review – Atari 2600.

No falando de games de hoje falarei do Atari o videogame que marcou a a vida e a infância de muitas pessoas que eram crianças no anos 80.

atari2600

O que é o Atari ?

O Atari 2600 foi um dos primeiros consoles de videogame, projetado por Jay Miner foi lançado em 1977, fez um sucesso imenso, principalmente no Brasil onde chegou somente em 1983, se tornou um grande ícone dos anos 80 e marcou profundamente a infância de quem era criança na época.

Desenvolvimento

No começo do seu desenvolvimento o console era conhecido como Stella que era o nome da bicicleta de um dos engenheiros que trabalhava no projeto, durante o desenvolvimento do Atari 2600 a empresa gastou cerca de 100 milhões de dólares, este valor foi auto demais para eles tanto é que para não falir a Atari teve que ser vendida para Warner.

atari_2600

Vendas e jogos

O Atari vendeu mais ou menos 30 milhões de unidades, teve jogos incríveis, como Adventure, Enduro, Pac-Man, Pitfall e River Ride, que além de venderem muito marcaram não só a industria como a vida de muitas pessoas.

Os jogos de Atari tem gráficos e sons bem toscos  se comparados com os de hoje, porem estes dois quesitos dos jogos eram muitos bons para época.

Gráficos, sons e controles

Os gráficos eram pequenos quadradinhos que iam se juntando para formar os objetos, como não eram assim tão realistas por vezes você tinha que usar a imaginação para fazer com que aquele monte de quadrados se transformassem em algo, mesmo usando a imaginação as vezes apareciam uns “bichos” que você não sabia dizer se eram borboletas, pássaros ou dragões.

Os sons apesar de serem extremamente simples eram inesquecíveis, os sons  de jogos como Enduro, Pitfall e Sea Quest ficavam na cabeça por dias o mesmo acontecia com as músicas tema de alguns jogos como Bob por exemplo.

Os controles do Atari tinham apenas um botão e um direcional em forma de alavanca estilo aqueles de fliperama, apesar de oferecerem uma experiência de jogo satisfatória para o padrões da época, os joysticks não eram nada anatômicos, chegavam inclusive a causar lesões em alguns jogadores, sem contar que tinham uma vida útil bem curta pois quebravam direto.

atari-controller

A queda

A queda do console começou quando algumas softhouses de qualidade meio duvidosa passaram a fazer jogos bem ruins, a própria Atari fez alguns jogos deste nível como o E.T por exemplo.

Em meados dos anos 80, com a chegada do NES, o popular Nintendinho e do Master System, que eram muito mais avançados e tinham jogos bem mais bonitos e divertidos o Atari foi sepultado de vez, continuou sendo vendido oficialmente até o começo de 1992 mas já estava praticamente esquecido.

Veredicto

O Atari foi um verdadeiro marco na industria dos games a na infância de muitas pessoas, alguns lembram dele com tanto carinho que chegam a dizer que ele foi o melhor videogame de todos os tempos.

Seus jogos que apesar de repetitivos e de não terem um fim, são muito divertidos, tão divertidos que você não conseguia parar de jogar.

Apesar de problemas com travadas e com controles que quebravam mais que o escudo do Shiryu dos Cavaleiros Do Zodíaco, o Atari foi um ótimo console e recomendo muito que você baixe o emulador e jogue os jogos clássicos nem que seja apenas para relembrar ou conhecer os anos dourados dos games.

Jogos bons do Atari.

Pitfall (clique aqui e jogue online)

Sea Quest (clique aqui e jogue online)

River Ride (clique aqui e jogue online)

Confira nossa galeria de imagens, clique nas fotos para ampliar.

O Atari 2600 foi um videogame, projetado por Jay Miner, lançado em 1977, fez um sucesso imenso, principalmente no Brasil, com jogos viciantes e controles que quebravam direto o console se tornou um grande ícone dos anos 80.

Review – Bob Esponja.

Hoje eu trouxe uma review sobre ele, Bob Esponja, o personagem mais popular da Nickelodeon, e um dos desenhos mais lucrativos, amados e conhecidos da atualidade.

Bob_Esponja-D-33

Bob Esponja.

Bob Esponja Calça Quadrada é uma série animada, original da Nickelodeon, criada por Stephen Hillenburg, um  biólogo marinho, a série é de 1999 e dura até hoje.

Bob Esponja já tem aproximadamente 200 episódios divididos em aproximadamente 10 temporadas e parece estar longe de terminar, já que sem duvida é o desenho mais popular e rentável da Nick, e a emissora com certeza não deve estar pensando em abandonar a série assim tão cedo.

Imagem-Bob-Esponja

Enredo.

Bob Esponja, conta as aventuras de Bob uma esponja do mar (macho ou quase). Bob é muito amigável e inocente, tão amigável que chega a se tornar chato, pra não dizer insuportável (manja aquela pessoa que força a amizade, chegando a ponto de querer fazer amizade até com, os postes e as árvores da rua).

Bob mora em sua casa, um abacaxi, com Gary, seu caracol de estimação, na cidade chamada Fenda Do Bikini. Ele já é adulto, tem por volta de 30 anos, mas age como uma criança, ama seus amigos, caçar águas vivas e trabalhar como chapeiro na lanchonete chamada Siri Cascudo ( uma espécie de Mcdonald’s submarino).

Além disso, Bob Esponja não tem interesse por dinheiro, bens materiais ou objetos, a não ser sua espátula de virar hambúrguer, que ele ama mais que tudo, o que ele tem na vida.

Apesar de ser meio chato, Bob é muito bom de coração, por causa disso, por vezes é feito de trouxa pelos outros., como é o caso do Seu Sirigueijo, seu padrão, que o coloca para trabalhar muitos e muitos dias, muitas e muitas noites, por muitas e muitas horas, praticamente de graça.

papel-de-parede-do-bob-esponja-1

Bob, seus amigos, desafetos e conhecidos.

Bob Esponja,  tem um melhor amigo, o Patrick Estrela, seu vizinho, uma estrela do mar,tão sem noção quanto o Bob. Patrick é um trintão vagabundo que vive debaixo de uma pedra e passa os dias vendo televisão.

Todos tem aquele vizinho ranzinza que vive de cara feia e reclama de tudo, o Bob também, o nome dele é Lula Molusco (que na verdade é um polvo).

Lula, toca clarineta e trabalha como caixa no Siri Cascudo, detesta Bob Esponja e Patrick, pois os acha infantis e barulhentos, porem eles não se tocam e vivem enchendo o saco dele.

275737_Papel-de-Parede-Patrick-Lula-Molusco-e-Bob-Esponja_1280x720

Além de Patrick, Bob ainda é muito amigo de Sandy Bochechas, uma esquilo karateca , viciada em ginástica, que vive dentro de uma redoma de vidro, quando esta fora desta redoma, Sandy anda com uma roupa de astronauta, que ajuda ela respirar dentro da água (deveria ser uma roupa de mergulho, mas isso é detalhe).

Apesar de ser absurdamente explorado no seu emprego, Bob gosta muito de seu patrão, o Seu Sirigueijo, dono do Siri Cascudo, a lanchonete mais conhecida da Fenda do Bikini.

Sirigueijo é um Siri muito rico porem muito mão de vaca, que tem uma richa quase que mortal com o Plankton, dono do Balde De Lixo outra lanchonete local.

Plankton é praticamente o vilão, como o próprio nome já diz, é um plâncton, vive tentando roubar a fórmula do molho secreto que é usado no Hambúrger De Siri, fórmula esta que é o segredo por trás de todo sucesso do Siri Cascudo.

bob-esponja_bobesponja_4

Veredicto.

Bob Esponja Calça Quadrada é um desenho, que as crianças simplesmente amam, muito divertido e engraçado, com personagens carismáticos e marcantes.

Os personagens de Bob Esponja, usam estereótipos comuns de pessoas comuns do dia a dia para fazer graça, quem aqui, não conhece um vagabundo, como o Patrick, um chato como o Lula Molusco ou um mão de vaca como o Seu Sirigueijo? Acho que todo mundo.

Além disso a dublagem é um show a parte, pelo menos na versão brasileira, principalmente a voz do Bob Esponja, que é feita por Wendel Bezerra, um dos melhores dubladores do Brasil, o mesmo dublador do Goku de Dragon Ball Z.

thumb-2-dublador-bob-esponja-wendel-bezerra-1349062061138_615x300

Só de escutar a voz, de qualquer personagem de Bob Esponja, você já sabe de qual personagem ela é, e provavelmente vai lembrar de alguma cena marcante com este personagem.

Recomendo Bob Esponja Calça Quadrada, a todos os fãs de animação, independente da idade, pois sem duvidas é um dos melhores desenhos, não só da atualidade, mas de todos os tempos.

Bob Esponja Calça Quadrada é uma série animada, original da Nickelodeon, é o desenho mais popular da emissora e um dos melhores desenhos de todos os tempos.

Review – One Punch Man.

Hoje eu trouxe um review de One Punch Man, um dos animes mais populares da atualidade, se ainda não conhece, leia até o fim e fique sabendo tudo sobre a história de Saitama, o homem mais forte de todos animes.

One Punch Man Wallapaper 03

O que é One Punch Man?

One Punch Man, é originalmente uma webcomic criada em 2009,  de um autor conhecido como ONE, a série virou um fenômeno na internet.

Em 2012 One Punch Man, ganhou um remake, desta vez publicado pela Shueisha no site Young Jump Webcomics.

O anime.

O anime só chegou em 2015, pelas mãos de ninguém mais, ninguém menos que a Madhouse, mesma produtora responsável pelo remake de Hunter X Hunter, o anime de One Punch Man, foi exibido na TV Tokyo, de outubro a dezembro totalizando 12 episódios e 7 OVAS.

656720

Enredo.

Saitama era um jovem desempregado e fracassado que vivia correndo atrás de emprego, e esta vidinha mais ou menos deixava Saitama cada vez mais frustrado, nervoso e desmotivado.

Um dia Saitama estava saindo de mais uma entrevista de emprego em que havia se dado mal, quando um monstro folgado cruzou seu caminho e resolveu tirar onda com a cara dele, e como se isso já não fosse o suficiente, o monstro ainda tentou atacar uma criança na frente de Saitama (pra que?).

Para Saitama que já estava de saco cheio de tudo e de todos, aquilo foi a gota da água, ele ficou tão puto, mas tão puto, que resolveu partir para a briga, e acabou derrotando o monstro com apenas um golpe.

Saitama gostou tanto de matar o monstro e salvar o dia, que passou a dedicar sua vida a acabar com monstros por pura diversão, tornando isso seu hobbie (cada louco com sua mania).

one_punch_man_by_simona018-d9kuwe5

3 anos de treino, a invencibilidade e o androide aprendiz.

Depois de três anos, treinando e enfrentando monstros e vilões diariamente, Saitama ficou tão poderoso que se tornou praticamente invencível, sendo capaz de derrotar todo e qualquer adversário com apenas um soco.

Com isso vencer, ficou tão fácil para Saitama, que lutar acabou perdendo a graça. Saitama passou então a procurar um adversário forte o suficiente para durar mais que um soco.

Em uma de suas lutas Saitama acaba conhecendo o androide Genos, que também se dedicava a salvar vidas e caçar monstros, ao ver o tamanho do poder de Saitama, Genos pede que Saitama o treine, apesar de não estar afim de ter um aprendiz, Genos insiste tanto que Saitama acaba topando.

Virando um herói profissional.

Com o tempo ao ver a pobreza que seu mestre vivia, Genos acaba convencendo Saitama a fazer o teste pra se tornar um herói profissional, ambos fazem o teste e passam, após isso Saitama começa a subir no ranking dos heróis com certa facilidade, isso deixou muitos com inveja.

A inveja que muitos passam a ter da força de Saitama é tamanha, que alguns passam a tentar puxar seu tapete, inventando mentiras pra queimar o seu filme com a opinião pública, para assim destruir sua carreira.

Saitama não esta nem ai para a opinião dos outros, já que só entrou no mundo dos heróis profissionais para poder pagar as contas e lutar contra adversários cada vez mais poderosos.

maxresdefault

Veredicto.

One Punch Man é um ótimo anime, recomendo a todos, principalmente pra que gosta de lutas com poderes extremamente exagerados, como as lutas de Dragon Ball Z ou Bleach.

Mas nem só de lutas vive o One Punch Man, a momentos muito engraçados, a maioria deles explorando a burrice de Saitama.

Além disso a muitos momentos de sangue suor e lágrimas também, momentos estes, onde os outros heróis mostram todo sua força de vontade, principalmente Genos, que sempre leva as lutas até as ultimas consequências chegando a quase morrer algumas vezes.

One Punch Man conta as aventuras de Saitama, um cara tão forte que passa a vida a procura de um adversário que dure mais do que um soco.