Podium os melhores jogos de velho oeste #02 – Sunset Riders

Sunset Riders 11

Nesta segunda parte do especial sobre os melhores jogos de velho oeste, vamos relembrar os bons momentos que passamos caçando bandidos em Sunset Riders, nosso segundo melhor jogo de velho oeste.

Sunset Riders

Sunset Riders é um jogo de fliperama lançado em 1991 pela Konami, um shooting de plataforma, fez um grande sucesso e em pouco tempo foi lançado tanto para Super Nintendo quanto para Mega Drive.

O jogo conta a história de um grupo de quatro caçadores de recompensas, que cruzam o velho oeste caçando bandidos, Sunset Riders é do mesmo gênero de jogos como Contra e Metal Slug ,  que além de serem muito bons ficaram bem famosos e se tornaram verdadeiros clássicos dos  anos 90.

Jogabilidade

Sunset Riders tem uma jogabilidade simples e divertida, você pode escolher entre quatro personagens, dois deles usam revolveres enquanto os outros dois usam escopetas.

Existem dois modelos de maquinas de Sunset Riders, em uma delas é possível se jogar com quatro jogadores, um controlando cada personagem e na outra você pode jogar apenas com dois jogadores, igual acontece nas versões feitas para os consoles de videogames, onde também só é possível jogar de dois.

Sunset Riders é extremamente simples de se jogar, basta você ir andando, pulando e atirando nos bandidos enquanto desvia dos tiros e ataques deles, ao chegar no final da fase você enfrenta um chefe, ao derrotar o chefe você passa para próxima, simples assim.

Apesar de ser simples de se jogar, a jogabilidade de Sunset Riders tem algumas coisas bem complexas, dentre elas podemos citar, a possibilidade de atirar para qualquer lado, as cenas memoráveis de certas fases como o estouro da boiada e a dançinha das dançarinas do saloon e por fim a jogabilidade diferente oferecida em alguns momentos do jogo, como acontece nos estágios bônus no melhor estilo galeria de tiro ou naquela fase onde você esta de cavalo e deve perseguir um trem e algumas carroças lotadas de inimigos.

Controles

O direcional serve para mover o personagem, tem um botão de tiro, um de pulo e ainda tem outro botão que faz seu personagem dar um tipo de rasteira que serve de esquiva e te ajuda desviar dos ataques e tiros dos inimigos.

Em Sunset Riders é possível atirar em todas direções incluindo nas diagonais ao combinar o direcional com o botão de tiro você consegue escolher para que lado atirar, segurando o direcional para cima e apertando o botão de tiro seu personagem atira para cima, segurando o direcional para baixo e apertando o botão de tiro seu personagem atira para baixo e assim por diante.

O tiro dos personagens que usam revolver é mais rápido e forte mas sai apenas uma bala por vez, já o tiro dos personagens que usam escopeta é levemente mais lento e fraco mas ao se atirar varias balas são espalhadas o que ajuda a acertar mais inimigos.

A versão caseira de Sunset Riders

Sunset Riders também foi lançado para o Super Nintendo e Mega Drive. A versão de Super Nintendo de Sunset Riders é praticamente a mesma das dos fliperamas apenas tem alguns cortes e censuras bestas, as quais a Nintendo provavelmente impôs, como a remoção dos inimigos indígenas e dos inimigos do sexo feminino.

No Mega Drive, Sunset Riders era muito inferior, praticamente outro jogo, além de ter uma qualidade gráfica bem inferior mas bem inferior mesmo, contava apenas com dois personagens e menos fases, fases estas que não tinham nada a ver com as dos fliperamas.

Abertura do jogo Sunset Riders

Veredicto

Sunset Riders é simplesmente ótimo, sem duvida um dos melhores jogos já lançados pela Konami, o jogo é bonito, divertido, com uma jogabilidade simples e funcional que o transformou em um verdadeiro clássico dos anos 90.

Quando digo que o jogo se tornou um clássico, estou me referindo a versão de fliperama e a de Super Nintendo, pois a versão de Mega Drive é tão tosca que eu prefiro nem comentar, o melhor é ignorar ela e fingir que nem existe.

Sunset Riders é o tipo de jogo ideal para você que gosta de Contra e Metal Slug ou para quem quer relembrar as jogatinas de domingo a tarde com a galera, aquelas que sempre rolavam na casa daquele amigo que tinha um Super Nintendo.

Confira nossa galeria de imagens, clique nas fotos para ampliar

Lançado em 1991 pela Konami, Sunset Riders fez um grande sucesso, conta a história de um grupo de quatro caçadores de recompensas, que cruzam o velho oeste caçando bandidos, o jogo é bonito, divertido, com uma jogabilidade simples e funcional que o transformou em um verdadeiro clássico, quando digo isso, eu estou me referindo a versão de fliperama e a de Super Nintendo, pois a versão de Mega Drive é no minimo tosca.

Anúncios

Podium os melhores jogos de velho oeste #01 – Gun Smoke

Gun Smoke 11

No Podium de hoje começaremos um Top 3 onde vamos relembrar os 3 melhores jogos de velho oeste de todos os tempos, começando com  Gun Smoke, um clássico da Capcom lançado originalmente para os fliperamas nos anos 80.

Gun Smoke

Gun Smoke é um jogo de velho oeste da Capcom lançado oficialmente para os fliperamas em 1985, o jogo era um scrolling shooter, aqueles jogos de tiro em que apertamos um mesmo botão repetidamente para ir atirando enquanto a tela vai subindo e cada vez mais inimigos vão descendo, estilo muito conhecido por seus jogos de avião ou nave como o saudoso River Raid do mais saudoso ainda Atari.

Jogabilidade

Como todo jogo do estilo scrolling shooter, Gun Smoke era bem difícil e mesmo assim não deixava de ter uma jogabilidade extremamente simples e divertida, os inimigos apareciam e você tinha que atirar neles enquanto desviava dos tiros que eles disparavam, no meio do caminho tinham alguns barris, ao atirar neles você encontrava algumas coisas legais, como itens de cura, armas novas e até mesmo um cavalo.

Nas maquinas de fliperama o jogo tinha uma alavanca e três botões, a alavanca servia para mover o personagem, enquanto os botões serviam para atirar pra frente, o da esquerda atirava para a diagonal esquerda, o da direita atirava para a diagonal direita e o do meio atirava reto.

Enredo mais manjado que cantada de pedreiro

O enredo de Gun Smoke segue a já manjada fórmula usada pela maioria dos filmes de bang bang, um grupo famoso de bandidos matam o Sheriff, tomam a cidade, e começam a tocar o terror nos moradores até que um belo dia surgi um forasteiro que acaba com os bandidos salvando a cidade e ficando com a recompensa no processo.

A primeira fase de Gun Smoke

Veredicto

Gun Smoke era divertido, simples e difícil. foi um sucesso, chegou a ser lançado para o NES (Nintendinho) e depois relançado para diversos consoles nas diversas coletâneas de jogos de fliperamas lançadas ao longo dos anos pela Capcom.

Confira nossa galeria de imagens, clique nas fotos para ampliar

 Gun Smoke é um jogo da Capcom lançado para os fliperamas em 1985, era bem difícil e tinha uma jogabilidade extremamente simples e divertida, o enredo segue a manjada fórmula usada nos filmes de bang bang, bandidos tomam a cidade, um forasteiro acaba com eles e fica com a recompensa,  o jogo foi um sucesso, chegou a ser lançado para o NES (Nintendinho) e depois relançado para diversos consoles.

Review – GTA San Andreas

Na review de hoje falarei sobre Grand Theft Auto: San Andreas, o GTA mais popular de todos, vem comigo e juntos vamos relembrar as aventuras do mano Carl Johnson, vulgo CJ.

1_grand_theft_auto_san_andreas

Grand Theft Auto: San Andreas.

Em outubro de 2004, a Rockstar games, finalmente lançou GTA: San Andreas, a tão esperada sequência direta de GTA: Vice City, o game foi inicialmente lançado para Playstation 2, meses mais tarde ganhou versões para PC e XBOX, cerca de 10 anos depois ainda ganharia versões para Android e IOS.

Se Vice City fez a séria GTA, virar algo grande, San Andreas fez a série virar algo gigantesco, para se ter uma ideia da imensidão do game, San Andreas, não possuía apenas uma cidade, e sim três.

As cidades de San Andreas, eram tão grandes, vividas e bonitas, quanto as dos dois games anteriores, além disso, as cidades não pareciam ser simples imitação uma das outras, como acontecia em jogos com mais de uma cidade, como Driver, muito pelo contrario.

Cada cidade era única e completamente diferente, não só na aparência, mas também no clima e vibe, jogar em Los Santos, a cidade controlada pelas guangues e tráfico de drogas, era uma experiência completamente diferente de se jogar em Las Venturas, que era controlada, pelos casinos, prostíbulos e mafias.unnamed-2

Enredo.

O retorno de CJ e o reerguimento da Groove Street Families.

Grand Theft Auto: San Andreas, conta a história de Carl Johnson, vulgo CJ, um tipico mano do gueto, que após anos trabalhando em Liberty City, volta para Los Santos para o enterro de sua mãe.

Ao chegar, CJ, encontra sua família desolada e sua antiga gangue, que antigamente dominava as ruas da cidade, praticamente destruída pelas gangues rivais, principalmente os Ballas.

CJ então decide ficar na cidade para colocar as coisas em ordem, com o tempo e com a ajuda de seus companheiros, Big Smoke, Ryder e Sweet, consegue peitar os Ballas e reerguer a Groove Street Families.

badlands021

A traição e os mandos e desmandos de Tenpenny.

Mas como no mundo do crime não se pode confiar em ninguém, Big Smoke e Ryder, se juntam com Tenpenny, um policial corrupto e armam uma cilada para os irmãos Johnson, com isso, Sweet acaba preso e CJ, fica nas mãos de Tenpenny.

Afim de libertar seu irmão, CJ, vai parar no interior, onde, além de arrumar uma namorada louca, chamada Catalina (aquela do GTA 3), acaba virando praticamente um capanga de Tenpenny, e é obrigado a cumprir alguns mandos e desmandos dele.

unnamed

Fuga para San Fierro, casino em Las Venturas e a liberdade de Sweet.

Com o tempo, CJ, que já tinha feito novos aliados, como Cesar Vialpando e The Truth, acaba conseguindo matar Ryder e fujir para San Fierro, onde monta uma oficina.

Em San Fierro, CJ faz diversos trabalhos, para diversos criminosos locais, principalmente para Wu Zi Mu, um membro da mafia chinesa.

Depois de digamos, terminar suas tarefas em San Fierro,  CJ vai para Las Venturas onde, Wu Zi Mu e ele, viram sócios em um casino, com isso, Carl acaba ficando rico.

Durante sua estadia nos arredores de Las Venturas, CJ, faz alguns trabalhos para, Mike Toreno, um agente do governo, que em troca liberta Sweet da prisão.

cj-gta-san-andreas

A absolvição de Tenpenny, a revolta da população e a vingança de CJ.

As autoridades acabam descobrindo as trapaças de Tenpenny,  ele é preso, mas acaba solto por falta de provas, isso deixa a população de Los Santos revoltada e a cidade vira um verdadeiro caos.

Quando CJ volta, a cidade, esta uma bagunça, e é Big Smoke, agora com os Ballas, quem controla o crime em Los Santos.

Com a ajuda dos seus novos amigos, CJ consegue acabar com os Ballas e matar Big Smoke e Tenpenny.

Com isso a Groove Street Familes volta a controlar a cidade e as coisas finalmente ficam em ordem.

gta-san-adreas

Jogabilidade.

A jogabilidade de San Andreas é  muito melhor que a dos games anteriores, a grande novidade é que o personagem agora pode nadar, mergulhar e pular muros, fora isso o esquema ainda é o mesmo, andar, atirar e pilotar, mas agora estas três coisas estão mais fáceis e divertidas de se fazer.

A movimentação do personagem, esta muito melhor e o sistema de combate finalmente ficou bom, em San Andreas, você pode, dar socos, chutes, abaixar, rolar e até mesmo usar duas armas ao mesmo tempo.

Quanto a parte da pilotagem, o jogo conta com a mesma dirigibilidade, simples e objetiva dos jogos anteriores, eu diria que esta até mais simples, já que é bem mais fácil pilotar os aviões e helicópteros no San Andreas do que  no Vice City.

Uma novidade de San Andreas são as brigas de gangue, você pode recrutar membros da sua gangue para sair pela cidade atacando os territórios das outras gangues, afim de tomar eles para si.

grand-theft-auto-san-andreas_police

Mais veículos e customização.

No jogo existe uma quantidade e variedade de veículos gigantesca, cerca de 200, entre eles estão, aviões, barcos, bicicletas, carros, helicópteros e motos, você pode pilotar de tudo, com muita facilidade deste uma simples bicicleta até um caça de ultima geração.

Outra grande novidade de San Andreas, é a customização, você pode mudar a aparência, a cor e até mesmo colocar nitro ou suspensão a ar nos carros, deixando tudo no melhor estilo Velozes E Furiosos (2001).

Além de customizar os carros, você também pode customizar o CJ, com cortes de cabelo, roupas e tatuagens, mas não é só isso não, você pode inclusive mudar a forma física dele, o deixando, bombado, gordo ou magrelo.

screen520x924

Missões.

As missões de GTA: San Andreas são um show a parte, principalmente as missões que acontecem em Los Santos.Algumas missões de Los Santos, são bem marcantes, por três fatores.

Algumas pela dificuldade, como a de assaltar o deposito do exercito, com o Ryder. Outras por sua ação, como a de fugir de moto pelos esgotos da cidade, com o Big Smoke. Enquanto outras ficam marcadas por seus diálogos divertidos, como aquela que você vai ao drive thru com seus amigos da Groove Street.

Quanto as missões das outras cidades, chegam a ser cansativas e chatas, quem já fez as missões do Zero, em San Fierro, sabe bem do que estou falando.

unnamed-1

Gráficos.

Os gráficos de San Andreas, não são ruins, porem não chegam a impressionar, inclusive são levemente inferiores aos de Vice City, o que é compreensível, já que apesar de o jogo ser muito maior que o anterior, ele continua em um único disco.

A Rockstar deve ter compactado as texturas e as demais partes gráficas ate não poder mais, algo parecido com o que foi feito com o Resident Evil 2 de Nintendo 64. Se San Andreas, fosse ter os mesmos gráficos de Vice City provavelmente teria que vir em três discos, um para cada cidade.

franktenpenny-artwork

Dublagem, sons e trilha sonora.

Os sons ambientes de San Andreas continuam apenas razoáveis, iguais aos dos demais games da série.

A trilha sonora apesar de ser bem inferior a de Vice City ainda assim é muito boa, com destaque para a radio que mais tem a ver com o clima do jogo, a Radio Los Santos, que conta com grandes nomes do Gangsta Rap dos anos 90, como, 2 Pac, Ice Cube, Dr. Dre,  Snoop Dogg e NWA.

O ponto alto da parte sonora de GTA: San Andreas sem duvida é a dublagem, como destaque para a dublagem de dois personagens, Tenpenny, que é dublado por Samuel L.Jackson e Madd Dogg, que é dublado pelo rapper Ice T.

gta_san_andreas_by_emilgoska-d8kx4uv

A polêmica do Hot Coffee.

O jogo acabou se tornando extremamente polêmico devido ao mini game secreto chamado Hot Coffe, onde o personagem faz sexo com a namorada, a descoberta deste mini game fez com que a Take Two, a produtora do jogo, fosse processada algumas vezes, fez também o jogo mudar sua classificação de Mature (+17) para Adults Only (+18) o que culminou na retirada do jogo das prateleiras de algumas redes de vendas como o Wal-Mart.

mapa-de-minigames-do-gta-san-andreas

Veredicto.

Grand Theft Auto: San Andreas é o melhor GTA da era Playstation 2, o que não é para menos já que, é um dos preferidos dos fãs e tornou a franquia que já era grande em algo gigantesco.

O jogo é maior, com mais veículos, mais cidades, mais missões e mais atividades , como as guerras de gangue, dançar, jogar basquete e jogar fliperamas, dentre outras.

O jogo é melhor,  finalmente o personagem pode nadar, o sistema de combate ficou decente, a história esta bem mais envolvente e o personagem principal é o mais carismático de toda a série.

Tudo isso faz com que o jogo se torne praticamente obrigatório, se você é um gamer eu duvido que você nunca tenha jogado GTA: San Andreas, se ainda não jogou, já passou da hora de jogar.

Confira a galeria de imagens, clique nas fotos para ampliar.

Grand Theft Auto: San Andreas é maior, melhor e mais diversificado que os anteriores, com três cidades, mais veículos, mais missões, e um protagonista que além de poder nadar e ser customizavel era o carisma em pessoa, San Andreas conquistou os fãs e se tornou o GTA mais popular até então.

Review – GTA: Vice City

Mais ou menos um ano depois do imenso sucesso que foi o GTA 3, chegou GTA Vice City, dele que falarei na review hoje, o game dono de uma trilha sonora não mais que perfeita, é sem duvida, um dos melhores jogos da série.

grand_theft_auto_vice_city_by_progressivez-d38prca

Grand Theft Auto: Vice City.

Grand Theft Auto: Vice City, chegou em 2002, praticamente um ano depois do lançamento, do na época, já lendário, GTA 3, o jogo foi inicialmente lançado para Playstation 2, pouco tempo depois ganhou versões para PC e XBOX, hoje em dia o jogo tem até versões para Android e IOS.

GTA: Vice City melhorou GTA 3 em tudo, logicamente não houve o mesmo salto de qualidade que ocorreu de GTA 2 para GTA 3, mas houve uma grande melhora no enredo, nos gráficos e principalmente na trilha sonora, uma das melhores de todos os tempos. As melhorias que Vice City trouxe, foram tão nítidas, que ele foi o jogo mais vendido daquele ano.

hypgtavicecity

A emboscada, ascensão no mundo do crime e a cobrança.

A história de Vice City se passa nos anos 80, e é claramente baseado no filme Scarface e no seriado Miami Vice, Tommy Vercetti, o protagonista, é um membro da mafia italiana de Liberty City, cidade onde aprontou uma grande confusão, com isso passou anos na cadeia.

Quando Tommy foi solto, ele estava totalmente queimado na cidade, por isso seu chefe Sonny Forelli o mandou para cuidar dos negócios em Vice City.

A primeira missão de Tommy ao chegar na cidade foi, uma negociação de drogas,  durante esta negociação, Tommy é  vitima de uma emboscada, onde acaba perdendo o dinheiro e ficando sem as drogas.

 Sonny não quer nem saber, e começa a exigir que Tommy devolva seu dinheiro, Tommy então se junta com Ken Rosenberg, seu contato na cidade, para conseguir recuperar o dinheiro de Sonny.

Com o tempo, Tommy, passa a se envolver com as mafias locais, faz alguns amigos como o Coronel Juan Cortez e Lance Vance e começa a subir na vida criminosa.

Depois de acabar com Ricardo Diaz, um líder do crime local que, foi responsável pela emboscada que, sofreu ao chegar na cidade, Tommy, toma o seu lugar como um dos lideres do crime de Vice City.

Ao saber que Tommy tinha se tornado um dos chefões de Vice City, Sonny decide ir ate lá para cobrar seu dinheiro, Tommy tenta pagar Sonny com dinheiro falso.

 Sonny percebe a armação, se junta com o traidor Lance e ambos acabam entrando em confronto, com Tommy, que vence, mata Sonny e Lance e continua a ser um dos lideres do crime de Vice City.

84864_900

Jogabilidade.

Salvo algumas mudanças a jogabilidade de GTA: Vice City é praticamente idêntica a de GTA 3, você ainda pode, andar por ai, atirar e pilotar veículos.

Armas, movimentação e sistema de combate.

A movimentação do personagem ainda é meio tosca, o jogo conta com bem mais armas que, GTA 3, cerca de trinta, divididas em coisa de dez tipos, três de cada praticamente, três pistolas, três sub-metralhadoras e por ai vai.

Mas não se iluda muito não, apesar disso, você só pode carregar uma de cada tipo por vez e o sistema de batalha apesar de estar aparentemente melhor continua deixando muito a desejar.

armas_gta_vice_city

Novos tipos de veículos.

As principais diferenças da jogabilidade de Vice City estão nos novos tipos de veículos, as motos, helicópteros e o avião (só existia um).

Pilotar as motos é praticamente igual a pilotar os carros, a  diferença é que se você bater cai (sério? não me diga), o que faz, você perder muito life e as vezes até morrer.

Pilotar os helicópteros e o avião já é um pouco mais complicado, nos consoles, com o tempo você pegava a pratica e começa a pilotar melhor que o comandante Hamilton.

Agora no PC era bem complicado mesmo, por isso passar certas missões no PC era praticamente impossível, quem já tentou passar a missão de plantar as bombas na construção usando o helicóptero de brinquedo com o mouse e teclado sabe do que estou falando.

maxresdefault

Carros mais variados e mais bonitos.

Quanto aos carros, a dirigibilidade deles é idêntica a do jogo anterior, Vice City, tem mais ou menos o mesma quantidade de carros que o 3 tinha, porem são mais variados, vão de um simples carrinho de golfe até um big foot.

O que mais chama a atenção nos carros de Vice City, é que eles estão bem mais bonitos, com efeitos de brilho e transparência, chegando a refletir a luz do sol e tudo mais.

grand-theft-auto-vice-city-001

As missões.

As missões de Vice City são um pouco mais complexas, difíceis e divertidas, que as de GTA 3, em algumas você faz coisas bobas como ser chofer de uma banda de rock, em outras coisas mais complicadas como roubar um tanque de guerra de um comboio do exercito.

 As vezes a missão é algo totalmente complexo e louco, como, invadir a mansão de um dos lideres do crime da cidade, matar ele, todos seus capangas e tomar não só a mansão como os negócios dele para você.

Assim como em GTA 3, o jogo também tem aquelas missões dos carros especiais como a de usar o taxi para pegar passageiros ou a de usar o ambulância para resgatar as pessoas.

No jogo também é possível comprar certos locais, que após serem comprados, passam a ter missões relacionadas com os negócios realizados no local, como o estúdio de cinema, por exemplo.

vice-city_700_thumb800

Som, dublagem e trilha sonora.

Os sons ambientes do jogo, como, as sirenes, os tiros e explosões não são ruins, mas passam longe de chamar a atenção, já com a dublagem, acontecia completamente o contrario.

Todos personagens eram muito bem dublados, o fato de o personagem principal falar, o que não acontecia em GTA 3, fez os diálogos de Vice City, evoluirem para outro nível.

Tommy era dublado por ninguém mais ninguém menos que Ray Liotta (Os Bons Companheiros 1990), o ator faz um trabalho fantástico, sem duvida uma das melhores dublagens já feitas para um personagem de game.

Mas o que mais chamava atenção em Vice City, não só na parte sonora, mas no jogo como um todo era a trilha sonora, assim como em GTA 3, as músicas tocavam nas rádios dos carros.

A trilha era composta pelas melhores músicas dos anos 80, e ficou bastante conhecida, não só pelos fãs dos games, como pelos fãs das músicas dos anos 80.

As melhores rádios sem duvida eram, Flash e Emotion, que tocavam músicas como Billie Jean do Michael Jackson e  Waiting For A Girl Like You do Foreigner.

gta-vice-city-tommy-vercetti-grand-theft-auto-1920x1080-wallpaper452450

Veredicto.

Grand Theft Auto: Vice City, é sem duvida um dos melhores jogos de Playstation 2, a formula e a jogabilidade eram as mesmas já consagradas no game anterior.

Vice City, conseguiu deixar o que já era grande em GTA 3, ainda maior, o jogo tinha gráficos mais atraentes, tinha mais armas e mais tipos de veículos.

Além de carros, você pode pilotar, helicópteros, motos, lanchas e até um avião que, ao contrario do avião do jogo anterior, voava de verdade.

 Quanto as missões, elas são, mais divertidas, complexas e variadas, mas o que mais chama a atenção no jogo era a parte sonora.

Os efeitos sonoros em si eram razoáveis, mas a dublagem que contava com Ray Liotta emprestando sua voz para Tommy Vercetti, o personagem principal do jogo, e a trilha sonora que contava com as melhores bandas e músicos dos anos 80, como, Forengner, Michael Jackson, INXS, Twisted Sister e Run DMC, eram coisas, não mais que épicas e com certeza contribuíram muito para fazer o jogo ter tamanho sucesso.

Apesar de ter melhorado GTA 3 em quase tudo, Vice City infelizmente ainda não conseguiu ter uma movimentação boa do personagem principal e muito menos um sistema de combate bom, assim como em GTA 3, o sistema de batalha tosco, fazia você morrer de bobeira, e repetir missões, diversas e diversas vezes, até conseguir passar.

Eu já disse mas vou repetir, GTA: Vice City é um dos melhores jogos de Playstation 2, e merece ser jogado, por isso não perca tempo e trate de arrumar um jeito de jogar, este clássico nem que seja apenas para ouvir as músicas.

Confira a galeria de imagens, clique nas fotos para ampliar.

Grand Theft Auto: Vice City, chegou um ano depois do lançamento, do na época, já lendário, GTA 3, houve uma grande melhora no enredo, nos gráficos e principalmente na trilha sonora, uma das melhores de todos os tempos. As melhorias que Vice City trouxe, foram tão nítidas, que ele foi o jogo mais vendido daquele ano.

Review – GTA 3

A review de hoje é dele, Grand Theft Auto 3, um dos games mais, divertidos, revolucionários e polêmicos de todos os tempos.

maxresdefault

GTA 3, clássico instantâneo e a ascensão de uma série.

Em 2001 a Rockstar Games e a Take Two Interactive, lançaram, Grand Theft Auto 3, mais conhecido como, GTA 3, um dos melhores, mais revolucionários e polêmicos games de todos os tempos.

GTA 3 chegou no Playstation 2 e foi um clássico instantâneo, o game colocou de uma vez por todas a série GTA no mapa das melhores e mais rentáveis séries do mundo gamer, além disso, deu a sua produtora, até então meio que desconhecida, Rockstar Games, o status de um verdadeiro Rockstar da industria.

2_grand_theft_auto_iii

 GTA e o salto de qualidade que o 3D trouxe para série.

A série GTA popularizou de vez o gênero Sandbox, gênero de games onde você e livre para ir onde quiser e fazer o que quiser quando quiser.

Além de sandbox, os jogos da série podem, ser considerados de mais 3 gêneros, corrida, ação e aventura.

Corrida pois você podia roubar qualquer carro e sair por ai pilotando, como se não fosse existir o amanhã.

Ação, pois o jogo era, repleto de tiroteios, explosões e cenas dignas de um filme de ação dos bons.

Aventura, pois você podia esquecer de tudo e ficar apenas passeando e explorando a cidade, coisa que não aconselho você fazer pelas ruas, aqui do Brasil, a menos que queira ser assaltado.

A série GTA já era polemica, divertida e muito boa desde seus dois primeiros jogos, que ainda eram 2D.

Quando GTA 3 chegou e passou toda esta polemica, diversão e qualidade para o 3D, com os ótimos gráficos do Playstation 2, o console mais poderoso da época, o jogo ficou cem vezes melhor.

O salto de qualidade gráfica e imersão da série foi tão grande que, comparar GTA 2 com o 3, seria como comparar, Super Mario World com o Super Mario 64.

catalina_betrays_claude

A traição, o resgate do mafioso e a vingança.

Grand Theft Auto 3, vulgo GTA 3, conta a história de Claude Speed, um piloto de fuga de primeira, Claude e Catalina, sua parceira e namorada, fizeram um assalto a banco.

O assalto foi um sucesso, mas na hora da fuga, Catalina, atira na garganta de Claude, foge com a grana e com seu novo namorado, um dos chefes do cartel colombiano.

Catalina acredita ter matado Claude, mas como vaso ruim não quebra, Claude perde a capacidade de falar mas sobrevive e acaba sendo preso.

Durante sua transferência para o presidio, Claude estava com mais dois prisioneiros, 8 Ball, um especialista em explosivos, e com um velho japonês, um dos chefes da Yakuza local.

No meio da transferência o furgão da policia é atacado por bandidos que resgatam o chefe da Yakuza, Claude e 8 Ball aproveitam e fogem também.

8 Ball e Claude se tornam amigos, com isso, 8 Ball, apresenta Claude para Luigi, um dos membros da mafia italiana, Claude então, começa a fazer vários trabalhos para as mafias locais e vai subindo na carreira do crime.

Com o tempo Claude acaba se tornando inimigo de algumas mafias, como a mafia chinesa e o cartel colombiano.

Claude trava uma verdadeira guerra, contra o cartel, mas com um pouco de esforço, muitas balas e explosões, consegue não só derrotar o cartel, como também consegue, se vingar de Catalina.

8ball-artwork

Jogabilidade.

Pilotando.

A melhor e mais divertida parte da jogabilidade de GTA 3, com certeza, esta na pilotagem dos carros, a dirigibilidade é super simples e eficaz, é muito fácil pilotar qualquer um dos veículos.

No jogo você pode pilotar vários tipos de veículos como, carros, lanchas e até um avião (que não voava, mas é detalhe).

Infelizmente o jogo não tinha motos e nem helicópteros, mas este, digamos defeito, seria corrigido nos próximos games da série.

Cada um dos veículos, tem suas particularidades, alguns são lentos, porem resistentes, como o carro forte e o caminhão de lixo.

Existem também, carros bem rápidos, porem além de derraparem, explodiam facilmente como o Banshee e o Infernus.

No game haviam alguns carros extremamente balanceados e estáveis, como o Kuruma e o Mafia Sentinel, dois dos melhores carros do jogo.

mafia_sentinel_back

Andando a pé e usando armas.

Em GTA 3, você também pode andar a pé, Claude não pode nadar, mas pode andar, correr e pular, a maneira como Claude se move é um pouco estranha e seu corpo parece meio desproporcional, mas nada que atrapalhe a diversão.

Claude também pode dar socos e usar armas, GTA 3 tinha um sistema de combate meio tosco, o que por vezes, fazia com que você morresse a toa e tivesse que repetir algumas missões várias vezes.

O jogo contava com um pouco mais de uma dezena de armas, algumas mais comuns como a pistola, a uzi e a doze e outras mais digamos exóticas como o lança-chamas, o taco de baseball e a bazuca.

3_grand_theft_auto_iii

Fazendo missões.

As missões do jogo eram bastante variadas, algumas eram simples, como dar uma carona, outras mais complicadas como, explodir um navio do cartel colombiano.

Além das missões principais, GTA 3 também tinha alguns tipos de missões secundarias.

As dos orelhões, em uma clara homenagem aos jogos mais antigos da série.

As dos carros especiais, como os táxis, ambulâncias e viaturas, onde você apertava um botão e começava a pegar clientes, pacientes ou correr atrás de bandidos.

E por ultimo uma das coisas mais legais do jogo, as três garagens, onde tinha uma lista de carros que você tinha que roubar e levar até elas.

full_gta3_10

Gráficos.

Os gráficos do jogo eram muito bons, o único defeito eram os efeitos de água, principalmente o mar, e os efeitos de fogo que ao meu ver eram meio toscos.

Os carros, quando batiam, amassavam de uma maneira bem realista, a ambientação era épica, os efeitos de luz e sombra do jogo, eram muito bons.

Dependendo do horário dentro do jogo, a cara e o ar da cidade mudavam completamente, andar pela cidade de manhã era uma experiência completamente diferente do que andar por ela durante a noite, por exemplo.

O clima era um dos pontos altos do jogo a neblina, a chuva e o clima ensolarado eram muito bem feitos e mostravam todo poder do Playstation 2.

gta-iii

Som.

A dublagem e os sons ambientes do jogo eram apenas razoáveis, mas a trilha sonora era bem bacana.

A trilha era composta pelas músicas que tocavam nas rádios dos carros, tinha uma rádio para cada estilo musical, as rádios eram extremamente realistas, tinham locutores, comerciais e até noticias, que geralmente, eram relacionadas com as ultimas missões que o jogador tinha feito.

gta-3-free-download-full-version-pc-crack-1

Veredicto.

Grand Theft Auto 3, foi um verdadeiro marco na história e na industria dos games, o game é quase perfeito, sua digamos formula de jogabilidade, deu tão certo que, passou a ser copiada por outros games, como Narc e Scarface, jogos que, ficaram conhecidos como clones de GTA.

Apesar disso, o game tem sim, seus defeitos, principalmente aquela água do mar, que era bem tosca, um sistema de combate que, por vezes, deixava muito a desejar e alguns problemas com texturas que sumiam, problema meio que comum na versão de PC.

Porem os defeitos de GTA 3, não eram nada, se comparados com suas virtudes,  e não tiravam nada do seu brilho, que, era tão intenso quanto o do sol, por isso eu recomendo que, você o jogue, eu até diria que, se você é um gamer de verdade, tem a obrigação de jogar GTA 3.

Confira a galeria de imagens, clique nas fotos para ampliar.

GTA 3, foi um clássico instantâneo, com muita ação, polêmica e violência, transformou a série GTA em, uma das melhores e mais rentáveis do mundo gamer, fez a Rockstar Games, uma das softhouses mais populares e revolucionou o mercado de games da época.