Review – Killer Instinct.


Na review de hoje, vamos relembrar de Killer Instinct, um game de luta clássico, para não dizer lendário, dos bons tempos do Super Nintendo.

Killer-Instinct

Killer Instinct.

Em 1994 chegou aos Arcades (vulgos fliperamas), Killer Intinct o game de luta que a Nintendo, juntamente com a Rare e a Midway trouxeram a vida para tentar desbancar inúmeros games rivais que existiam na época, principalmente Mortal Kombat e Street Fighter. O Super Nintendo, ganhou sua versão de Killer Instinct em 1995, o famoso cartucho preto.

Enredo.

A história do jogo narra os acontecimentos da sétima edição do torneio Killer Instinct, mas para entender a história do jogo devemos começar a contar ela do começo (serio!?).

A milhares e milhares de anos atrás.

Tudo começou a milhares de anos quando, o mundo estava totalmente mergulhado no caos e na guerra, tudo por causa de uma disputa entre duas criaturas muito poderosas, dois grandes senhores da guerra.

Esta disputa, durou muitos e muitos anos, e destruia o mundo cada vez mais, a destruição só acabou quando, um grupo de heróis, se uniu e juntos conseguiram derrotar e selar os dois senhores de guerra na escuridão do Limbo.

Em um futuro nem tão distante.

Milhares de anos depois em um futuro não muito distante do nosso tempo, o mundo caiu novamente no caos e na guerra, desta vez, algumas mega corporações, que passaram a dominar o mundo, disputam entre si o controle global, dentre estas corporações uma se destaca, a Ultratech.

A Ultratech ganha rios e rios de dinheiro, vendendo armas para as outras corporações guerrearam entre si, com certeza quando, estas corporações destruírem umas as outras, a Ultratech, não só pretende, mas vai conseguir dominar o mundo.

Killer_Instinct_-_1995_-_Nintendo

O torneio Killer Instinct.

Além de fabricar armas, a Ultratech é a dona do maior fenômeno televisivo que o mundo já viu, o torneio de artes marciais chamado Killer Instinct, um reality show extremamente sangrento, estilo um UFC, onde não só pode, como se deve matar o adversário.

O vencedor ganha o direito de pedir o que quiser para a Ultratech, o problema é que ao vencerem os lutadores percebem que a Ultratech não é nada confiável, assim como acontece com o Lobisomem Sabrewulf, que ao vencer a quarta edição do torneio, pediu a cura da sua maldição, Sabrewulf não foi curado e ainda serviu de cobaia para experimentos.

Na verdade o torneio não passa de uma desculpa para a Ultratech testar suas armas, tecnologias e cobaias, como o andróide Fulgore, o híbrido de homem com dinossauro Riptor e Spinal o guerreiro ressuscitado por uma tecnologia desconhecida.

Os heróis e a volta de um dos senhores de guerra.

Além destas armas secretas, que a Ultratech pretende usar nesta edição do torneio, Killer Instinct, ela ainda tem Eyedoll, um dos senhores de guerra que a Ultratech conseguiu tirar do Limbo.

Orchid, a gostosona do torneio (sempre tem uma gostosona) é uma agente secreta que se infiltrou no torneio para desmascarar a Ultratech.

Orchid se juntou a Jago, um monge, T.J Combo, um lutador de boxe e Thunder, um guerreiro indígena. Juntos eles terão que não só acabar com a Ultratech como derrotar Eyedoll.

cartucho preto snes-killerinstinct

Visual e jogabilidade.

O visual de Killer Instinct é sem duvida um dos melhores do SNES, os gráficos do game usam a mesma tecnologia usada nos games da série Donkey Kong Country, além disso Killer Instinct usa a captura de movimentos, e é por isso que os lutadores se movem assim tão bem.

Devido a violência, o sangue e os golpes finalizadores, a jogabilidade de Killer Instinct era inicialmente comparada com a de Mortal Kombat, mas ao jogar logo se percebe as diferenças, a principal delas é a velocidade, as lutas, golpes e lutadores de Killer Instinct são bem mais velozes, ver uma luta de Killer Intinct é como ver o vídeo de uma luta de Mortal Kombat com o botão de avanço rápido apertado.

Sistema de luta.

O sistema de combos do jogo é um verdadeiro show a parte, você facilmente consegue fazer um combo de cerca de 10 hits, mas jogadores experientes conseguem passar dos 50 hits, como é muito fácil começar um combo, no jogo existem golpes especiais comuns mas que quando usados, enquanto você esta tomando um combo, cortam o combo do adversário ao meio, este golpe é chamado de combo breaker, como o “shoryuken” de Jago por exemplo.

Além dos combos ainda existem os movimentos finalizadores, como o ultra combo e o ultimate combo, que são parecidos com as brutalities de Mortal Kombat, os no mercy que são como os fatalities e o humiliation que faz o inimigo fazer uma dancinha ridícula, o que por vezes é bem engraçado.

killerinstinct2

Som e trilha sonora.

O som do jogo é impecável cada lutador tem sua voz, o que era raro pra época, sem contar a voz do narrador que era extremamente marcante, quem aqui nunca gritou Supreme Victory ou Combo Breaker que atire a primeira pedra.

Mas nem só de vozes vive o som de Killer Instinct, o game também tem uma trilha sonora épica, a trilha do game era tão boa que algumas versões do game vinham juntamente com um CD com a trilha do game.

Veredicto.

A versão SNES de Killer Instinct, esta com muitos cortes na parte gráfica, em relação a versão Arcade, já que nos Arcades o game usava o poder da placa Ultra 64, placa esta que é praticamente a mãe do Nintendo 64.

Apesar destes cortes o game continuou não mais que perfeito, tudo graças a sua jogabilidade, inovações e trilha sonora. E até hoje deve e pode ser jogado.

 Feito de gráficos, jogabilidade e trilha sonora, tudo isso com perfeição, Killer Instinct foi um dos últimos e melhores games da era SNES.

Anúncios

4 comentários sobre “Review – Killer Instinct.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s